Postagens

Mostrando postagens de Março, 2013

Vengo del Moro ~ apresentação da OF!

Imagem
Gostaríamos de convidar todos vocês para uma apresentação bem bacana da Oficina Flamenca, que ocorrerá dia 30 de março às 21 horas no Espaço Cultural Mosaico (Scrn 714/715 Bloco D). 


Esta é uma das atividades que farão parte do IV Festival Sul-Americano da Cultura Árabe organizado pela BibliASPA. Neste pequeno espetáculo, iremos mostrar a forte influência da cultura árabe sobre a música e a dança flamenca, uma manifestação artística originária da Andaluzia, que já foi considerada o berço da civilização islâmica na Europa. 
Esperamos por vocês! Para quem quiser conferir, os ingressos para "Vengo del Moro" já estão sendo vendidos na escola (R$ 20 inteira e R$ 10 meia ~ informações 3273-7374 de 2a a 6a das 15h às 21h). 
Nesse mesmo dia, a partir das 16 horas e no mesmo local, estará aberta a exposição Presença Árabe no Brasil em Imagens: uma instalação do tipo "varal fotográfico" que trará parte da galeria virtual criada por meio do envio de fotos de voluntários/as p…

Gitanos, Moriscos y Cante Flamenco

Imagem
Dica para quem desejar compreender um pouco mais sobre a influência da música árabe no flamenco.... este é um livro bastante polêmico, pois nem todos os estudiosos sobre a história do cante flamenco concordam com a teoria aqui proposta. No entanto, este foi um dos livros que mais me marcaram desde que eu mergulhei fundo na dança flamenca. Se chama "Gitanos, Moriscos y Cante Flamenco" e foi escrito por Manuel Barros, que nos apresenta ao fim da publicação, cerca de 11 páginas de referências bibliográficas que embasam sua tese. Vale a pena conferir! 

"Al ser ferozmente perseguidos, los moriscos han de acogerse a un recurso extremo que les libre del peligro cierto a perder la vida. Salvo casos que debieron de ser excepcionales, no pueden hacerse pasar por castellanos viejos, porque los delatan su acento arábico y el color de su piel. Entonces deciden la única forma de pasar inadvertidos: unirse a los gitanos - sucesores de los que llegaron con la retaguardia de los ejércit…

Rádio da OF atualizada!

Imagem
Lindas músicas compartilhadas na rádio da OF este mês, para celebrarmos o início das aulas regulares!!! Há alguns tesouros aí.... entre eles, Dorantes com Caravana de los Zincalí, que embalava as aulas de Antonio El Pipa durante o curso que fiz com ele no Festival de Jerez este ano. De arrepiar! Espero que gostem! 

El Universo Flamenco

Imagem
Flavio Rodrigues presenta El Universo Flamenco, método didáctico sin precedentes


Via aireflamenco.com

El Universo Flamenco - El Tablao desarrollará, como método didáctico sin precedentes, las funciones de cada elemento del Flamenco (cante, baile y guitarra), y sus relaciones, codigos y posibilidades dentro del ambiente mágico del Tablao flamenco como escenario específico donde trabajan y se desarrollan los artistas del flamenco ¿Cómo es posible que, sin previo ensayo, los artistas se entiendan y sepan que deben hacer? El método, dirigido por Flavio Rodrigues, dará las claves del lenguaje flamenco. Flavio Rodrigues dirige El Universo Flamenco después de una amplia trayectoria. Músico y compositor brasileño, radicado en España desde 1998, dedicándose profesionalmente al flamenco, y su relación con otras músicas.

Aproveite para fazer sua matrícula!

Imagem
Ainda temos vagas em alguns horários dos cursos de dança flamenca na OF! Aproveite que ainda dá tempo de começar a dançar este semestre!!!
Lembramos que as aulas de dança do ventre, dança cigana e tribal fusion também já iniciaram! Para fazer uma aula experimental ligue em 3273-7374.

Seguiriyas

Imagem
Um palo apaixonante, que toca fundo na alma de qualquer pessoa que escute, cante, toque ou dance.... Porém, as seguiriyas costumam também ser objeto de confusão quando o assunto é seu compasso. Já nos deparamos em diversas situações com estudantes se perguntando como é exatamente a contagem desse palo.
Bom, na OF nós sempre contamos o compasso de seguiriyas como amalgamado, ou seja, uma combinação de 2 compassos ternários e 3 compassos binários. Em suma, 12 tempos.
No entanto, alguns professores e bailaores privilegiam os acentos e adotam uma forma de contar as seguiriyas como se o palo fosse de 5 tempos.
É importante frisar, no entanto, que isso é um artifício utilizado a fim de facilitar a contagem.
Este vídeo esclarece bem este ponto, que volta e meia gera dúvidas por parte de quem estuda o baile flamenco. :))



 Para não restarem dúvidas, aí vai o famoso relógio flamenco.... :))

Cursos Oferecidos na Oficina Flamenca em 2013 ~ 1o semestre

Imagem
Período das aulas regulares: de 04 de março a 06 de julho
Dança Flamenca ~ Asa Norte (Professoras Patrícia El-moor, Renata El-moor e Bruna Silveira)
Segunda - 19 horas ~ Técnica I 20 horas ~ Mirabrás
Terça - 19 horas ~ Tientos I 20 horas ~ Técnica*
Quarta - 19 horas ~ Fandangos I 20 horas ~ Técnica
Quinta - 19 horas ~ Técnica I 20 horas ~ Sevillanas*
Sábado - 9h30 ~ Soleá + Técnica (sala 1) l 10:00 Sevillanas* + Técnica (sala 2) I 11:00 ~ Fandangos + Técnica (sala 1) 

Dança Flamenca ~ Setor Sudoeste (Professoras Patrícia El-moor, Renata El-moor)
Segunda - 19 horas ~ Sevillanas* I 20 horas ~ Técnica
Terça - 19 horas ~ Técnica I 20 horas ~ Soleá
Quarta - 19 horas ~ Técnica* I 20 horas ~ Tientos
Quinta - 19 horas ~ Mirabrás I 20 horas ~ Técnica
Sábado - 9h30 ~ Campanillero + Técnica I 11:00 ~ Palo Seco + Técnica

 * Turmas indicadas para iniciantes: Sevillanas + Técnica

Dança cigana ~ Asa Norte (Professora Juliana Santana)
- Segunda-feira 19:00 às 20:30 * Romanês
- Quarta-feira 19:…

Entrevista com Antonio El Pipa

Imagem
Excelente entrevista com o querido maestro Antonio El Pipa, que conquistou nossos corações em Jerez de la Frontera pela sua generosidade ao compartilhar seu conhecimento sobre o baile flamenco! 
Tivemos a oportunidade de assisti-lo ao vivo em duas ocasiões no Festival de Jerez e a impressão que temos ao vê-lo dançar é que o flamenco dos antigos ainda está presente em nossas vidas. :)) 
Ainda que seu estilo seja considerado "fora de moda" por algumas pessoas, pudemos ver e conviver com muita gente que ainda ama o flamenco puro e não aquele de malabarismos ou interpretado de forma fria e puramente técnica. Porque o que sempre dizemos na Oficina Flamenca é: nem tudo que impressiona emociona, e nem tudo que nos emociona nos impressiona. No caso de Antonio El Pipa, seria impossível descrever como ele nos emociona e impressiona ao mesmo tempo, seja como artista ou professor! 
Entrevista publicada em 13/07/2012 no periódico espanhol SUR.es
Con un par de frases lo deja claro: «Soy gitan…